segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Novas tecnologias e o Viajante Corporativo


Portal PANROTAS - 01 de fevereiro de 2010

Executivo usa tecnologia para redusir custo de viagens

Uma pesquisa realizada com 200 executivos do mundo todo pela Association of Corporate Travel Executives, em conjunto com o Kotler Marketing Group, indica que, embora o mundo se recupere da crise econômica mundial, viajantes corporativos ainda buscam soluções para suas viagens apoiados principalmente em tecnologia. No estudo intitulado “2010 Corporate-Travel Spend Plans & Tactics”, 55% dos pesquisados indicam que utilizarão a tecnologia a seu favor, substituindo parte das viagens. Segundo os entrevistados, o relacionamento entre o setor com recursos como webconferências e videoconferências deverão aumentar mais de 40% nos próximos anos.

No entanto, a maioria destaca que nem sempre o uso dos meios de comunicação é tão efetivo quanto o tradicional “olho no olho”. “Os contatos virtuais podem não ser tão produtivos quanto as reuniões presenciais, geralmente necessárias para o fechamento de contratos e de conversas importantes com clientes”, comenta o gerente de Marketing da Tour House, André Webber. “Para ter uma economia efetiva, o ideal é combinar revisões nas políticas de viagem com um estímulo ao uso de tecnologias”, complementa. “Em alguns casos mais radicais, empresas chegaram a determinar que todos os treinamentos sejam realizados por videoconferências, liberando viagens apenas para visitas a clientes”, exemplifica.

Webber também sugere que uma forma simples de reduzir os custos é inserir no formulário de solicitação de viagens um campo questionando se já foi verificada a possibilidade de substituir a viagem por uma videoconferência. “Este processo leva o solicitante à reflexão, o que já pode significar uma economia. No entanto, para resultados mais efetivos, vale a pena estabelecer políticas específicas, determinando os objetivos das viagens e restringindo aquelas que não forem realmente necessárias.

3 comentários:

  1. O progresso nestes casos se faz muito necessário. Não somente o turismo corporativo, porém todas as empresas em do segmento como um todo. Isso gera economia de tempo, dinheiro e mais satisfação do cliente. Com isso, fidelidade.

    ResponderExcluir
  2. O nosso Twitter www.twitter.com/encontrecaparao é responsável em divulgar o Caparaó Capixaba, sendo formado por 11 cidades, com muitas belezas naturais, dentre elas: Pico da Bandeira, Serra do Caparaó e Cachoeira da Fumaça.

    Venha conhecer umas das regiões mais lindas do Brasil!

    Aguardamos você, em nosso Twitter!

    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Independentemente das crises econômicas, a contenção de custos será sempre uma premisa de gestão das grandes empresas, e para isso, os seus executivos priorizam soluções tecnológicas que permitam atingir os mesmos objetivos minimizando custos.

    No caso dos eventos corporativos, sem dúvida muitos deles irão ser cada vez mais substituidos por encontros virtuais ou semi-virtuais, o que não quer dizer que os encontros presenciais desaparecerão nem nada disso, mas a tendência é a uma diminuição proporcional das reuniões presenciais para reduzir assim custos com passagens, hospedagens, diárias, etc.

    ResponderExcluir