segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Curso a distância tem bom aproveitamento e baixa evasão

O Curso de Regionalização do Turismo, ministrado em ambiente virtual, terminou em novembro com uma taxa de evasão de apenas 0,8%. Dos 3 mil inscritos, 2.321 concluíram o curso com sucesso. Foi a primeira ação desenvolvida no âmbito do Programa de Qualificação a Distância para o Desenvolvimento do Turismo, do MTur.
Ao final do curso, com duração de três meses, foram elaborados 597 planos estratégicos. Foram 4 teleconferências que abordaram os temas: Instância de Governança, Planejamento Estratégico e Captação de Recursos, Roteirização Turística; Monitoria e Avaliação, a Política Nacional de Turismo e os próximos passos do Programa de Regionalização. Os acessos aos fóruns de conteúdos chegaram a 77.195. Nos espaço para a discussão dos temas propostos pelos alunos foram 18.082.
O curso, direcionado para gestores, interlocutores do programa, empresários do setor e pessoas que trabalham direta ou indiretamente com a atividade turística, tem como objetivo difundir e aprimorar o processo de implantação e gestão da Regionalização do Turismo em todo o território Nacional. É uma ação coordenada pelo Departamento de Qualificação e Certificação e de Produção Associada ao Turismo (DCPAT) e visa atender todos os municípios e regiões turísticas brasileiras.
A previsão é de realização de mais dois cursos do Programa de Qualificação em 2009. No primeiro semestre, serão abertas quatro mil vagas para o curso de Formação de Gestores das Políticas Públicas do Turismo. No segundo semestre, serão duas mil vagas para o de Turismo, Desenvolvimento e Meio Ambiente.
Fonte: Turismo & Parcerias - Mtur - Dez. 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário